quarta-feira, 19 de junho de 2013

Serra Talhada: Cansados de esperar ação do governo; empresários podem processar prefeitura

Basta! Cansei!”. Estas duas palavras resumem o sentimento dos empresários serra-talhadenses Mário Olímpio e Hélio Ferraz, empreendedores do ramo imobiliário na cidade que esperam pela liberação de uma licença de construção por parte da Prefeitura de Serra Talhada, desde janeiro. Eles alegam que o prefeito Luciano Duque (PT) não dá satisfações e nem abre canal de diálogo.

Inconformados, prometem ingressar com uma ação na Justiça na próxima sexta-feira (21) caso a prefeitura insista em não regularizar uma área que foi embargada, nas proximidades do futuro shopping center, no centro da cidade, próximo ao pátio Feira Livre.
“Não aguentamos mais esperar por uma resposta da prefeitura. Fizemos tudo que nos foi solicitado e queremos contribuir com o desenvolvimento da cidade. Na área em questão, que foi a primeira a ser embargada por este governo, vamos fazer serviços de saneamento básico, calçamentos e iluminação pública. Por quais motivos a prefeitura não libera a licença de construção?”, indagou Mário Olímpio, em conversa com a imprensa local. “Ele (Luciano) precisa lembrar que é prefeito de todos e não de um grupo familiar”, disparou.

IRONIA
Por ironia, Mário Olímpio sempre foi um aliado do prefeito Duque e já deu demonstrações que deseja colaborar com o governo. Ainda na gestão do ex-prefeito Carlos Evandro, Olímpio doou o terreno onde está sendo construindo a central de regulação do Samu e já ofereceu um terreno para construção de um Instituto Médico Legal (IML) em Serra Talhada. “Estou fazendo a minha parte como cidadão. Espero que o governo faça a dele”, alertou Mário Olímpio, com indignação.

Blog: O Povo com a Notícia
Fonte: Farol de Notícias