sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Brasil é o único país onde deputado corrupto continua com mandato, diz Silas Malafaia

A Câmara dos Deputados voltou nesta quarta-feira (28) sobre o pedido da cassação do deputado Natan Donadon (sem partido -RO) que está preso após ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal por ter desviado R$8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia.
Donadon chegou algemado e usou um discurso religioso para se defender diante dos mais de 400 deputados que aceitaram participar da votação. Foram 233 votos a favor da cassação, contra 131 contrários. Para que o deputado preso tivesse o mandato cassado, eram necessários 257 votos.
Por conta da falta de votos, Donadon não foi cassado, mas o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) resolveu mantê-lo afastado do cargo até que ele tenha cumprido pena em regime fechado.
Condenado a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha, o deputado pode ficar menos de dois anos na cadeia.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a cassação de Natan Donadon só não aconteceu por conta de uma manobra política orquestrada pelas bancadas evangélicas, do PT e PMDB.
O pastor Silas Malafaia escreveu sobre a decisão da Câmara e chamou a manobra política de vergonhosa, lembrando que há outros deputados sendo julgados pelo STF que poderão ser beneficiados com essas armadilhas.
“É estarrecedor e vergonhoso para a sociedade brasileira ver um deputado condenado pela instância superior (STF), e ainda a Câmara de Deputados ter que votar se vai cassá-lo ou não.”
Para Malafaia se o STF decidiu condenar o deputado, a Câmara não precisa votar se ele pode ou não continuar no cargo. “A própria Constituição já prevê perda de cargos públicos para os condenados em última instância, onde não cabe mais recurso”.
O pastor não tem dúvidas de que os deputados processados pelo mensalão também terão seus cargos políticos mantidos. “Para vergonha do Brasil e do Congresso Nacional, o único país no mundo onde deputado ladrão e corrupto continua com mandato”.
Blog: O Povo com a Notícia
Fonte: Gospel Prime