terça-feira, 17 de setembro de 2013

Mulher sofre sequestro relâmpago em Serra Talhada

Por volta das 23:50 desta segunda-feira (16), agentes do Núcleo de Inteligência/14ºBPM foram acionados pela pessoa de Carlos José Barros dos Santos, funcionário da Caixa Econômica Federal, o qual informara que sua esposa a Srª Magna Helena Mourato de Sá, 48 anos, Assistente Administrativa, teria demorado muito a chegar da Faculdade (FAFOPST), onde trabalha, não tendo chegado até aquela hora, tendo o mesmo ligado várias vezes no celular da mesma, procurado pela mesma na referida faculdade, porém sem êxito e que só depois das 23:00 teve retorno do celular da vítima, onde uma pessoa de voz masculina informou que ela teria sido sequestrada e que queria a importância de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), para liberar a vítima e o veículo, porém o bancário informou que não dispunha desta quantia naquele momento, sendo informado pelo sequestrador que a vítima seria deixada na mala do veículo do casal, próximo ao Bar da Manga, no Sítio Carrapato, às margens da PE 365, município de Santa Cruz da Baixa Verde e que, em tom de ameaça informou que sabia onde os mesmos moravam e trabalhavam, e entraria em contato no outro dia a fim de receber a quantia desejada.

Após o relato do esposo da vítima os Agentes do Núcleo de Ineligência/14ºBPM, se deslocamos, juntamente com equipes da ROCAM do 14º BPM, até o local descrito pelo sequestrador e, ao chegarem lá encontraram o veículo, um Voyage na cor preta, pertencente à vítima, no meio de uma estrada carroçável, com as portas abertas, o banco traseiro que dá acesso a mala levantado, sem um dois pneus traseiros e pneu suporte, sem o toca CDs e com um furo na para brisas, possivelmente um disparo de arma de fogo, de dentro pra fora do veículo, porém a vítima não se encontrava, sendo feitas várias buscas no local, até que o cunhado da vítima, que também estava no local, informou que outros parentes teriam entrado em contato via celular informando que a vítima teria conseguido escapar do veículo em lide e já se encontrava na Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada.
Foi realizado deslocamento em seguida até a referida DPC, onde verificou-se a presença da vítima a qual informou que teria destravado o carro em frente a faculdade a uma certa distância e que ao adentrar no veículo teria notado a presença de um homem no banco traseiro, o qual anunciou o sequestro, disparando contra o para brisas, e de arma em punho ordenou que a mesma dirigisse o veículo no sentido Santa Cruz da Baixa Verde, parando o carro nas proximidades do “Bar da Manga”; após o sequestrador ter tirado as peças do veículo, a mesma foi colocada na mala do veículo, e em seguida teria chegado outra pessoa em outro veículo e os mesmos trancaram ela na mala do carro.
A ocorrência ficou sob a investigação da Polícia Civil de Serra Talhada e a Polícia Militar realizou diligências no sentido de capturar os sequestradores, porém não obtiveram êxito. Com informações Blog do Nayn Neto.
Blog: O Povo com a Notícia